IV COLÓQUIO INTERNACIONAL DE 2021

IV COLÓQUIO INTERNACIONAL DE 2021

Organizado pelo Laboratoire de Littératures et Écritures des Civilisations (LLITEC) e Groupe de Recherche et d’Etudes Latino-américaines (GRELAT) da Universidade Félix Houphouët-Boigny (Costa do Marfim), em colaboração com a Cátedra UNESCO de Estudos Afro-ibero-americanos da Universidade de Alcalá (Espanha); o Groupe de Recherche et Etudes d’sur les-Noir d’Amérique Latine (Grenal-Ax langages et identidades / CRESEM) da Universidade de Perpignan (França); a Asociación de Estudios Americanos del Principado de Asturias da Universidade de Oviedo (Espanha) e o Centro de Investigaciones en Ciencias Sociales y Humanidades desde América Latina (Equador).

Data: de quarta-feira, 24 a sexta-feira, 26 de novembro de 2021
Local: Universidade Felix Houphouët-Boigny, Abidjan, Costa do Marfim

CONVOCATÓRIA

Reescrita da África no Tout-Monde (Séculos XX-XXI)
África(s), Europa(s), América(s)-Caraíbas, Ásia(s)

A partir de perspectivas cruzadas, esta chamada questiona as passagens e retornos fecundos entre África(s), Europa(s), América(s)-Caraíbas, Ásia(s), envolvendo assim a noção de Reescrita(s) como discurso, prática e reapropriação de si mesmo.

A (re)construção de África, seja a partir do seu interior ou de suas diásporas, é proposta como um espaço sem fronteiras ou como um lugar de reenquadramento fantasioso. A mitificação do continente matricial ou, pelo contrário, a sua reformulação geopoética, particularmente através de manifestações artísticos e/ou produções literárias africanas ou afrodescendentes (e as lutas políticas e práticas culturais e simbólicas) devem ser apreciadas como um local alternativo de conexão, um quadro de restauração e/ou um espaço de refúgio para interacções, a fim de captar questões de pertencimento e práticas de legitimação ligadas a imaginários compostos. Tal abordagem ressoa com a (re)criação contemporânea de um imaginário inclusivo onde a (re)conceituação ou mesmo a releitura de si são uma tomada de consciência necessária para uma livre emulação das fantasias da colonialidade.

Aqui, a hipótese repousa na identidade como uma construção inerente (dinâmica) de um imaginário colectivo diversamente reapropriado por sujeitos interconectados. Seja a nível nacional, transcontinental ou diaspórico. É por isso que o ponto de vista deste colóquio é alimentado por um imaginário composto, porque os elementos de uma identidade são também o fruto de uma construção trans-territorial. Entre muitos exemplos, o movimento do Renascimento do Harlem, o pan-africanismo, bem como o conceito político e literário de Negritude, Afrofuturismo, Afrorealismo e ainda o Afrofeminismo são ilustrações paradigmáticas que nos remetem para uma raiz matricial: África, as suas diásporas e as suas transformações.

Estas práticas, discursos e estratégias de reapropriação podem ser vistas como abordagens descolonizadoras dos imaginários. Observamos que, apesar dos mecanismos de censura, o ciberespaço tornou-se um espaço de legitimação do discurso para a liberdade de expressão, a democratizar por vias alternativas, em contexto de minorização.

Estamos à espera de propostas de comunicação pluridisciplinares movidas por uma reflexão em torno da africanidade nos imaginários do Tout-Monde (Édouard Glissant); estas propostas devem centrar-se em questões imaginárias como políticas culturais e simbólicas de reapropriação de si nos campos das ciências humanas, literatura, arte (cinema, pintura, música), história, sociologia, filosofia, etc.

O Colóquio destina-se principalmente às(aos) Pesquisadoras(es), Professoras(es)- Pesquisadoras(es), doutorandas(os) e aos coletivos que colocam o assunto em questão no centro do(s) seu(s) debate(s), questionamentos e lutas.

Os eixos temáticos são os seguintes:

1-Po(é)ticas de si: Poética/política, o impacto das (micro)narrativas e vários discursos elaborados com finalidade emancipatória.

2-Re/Territorialização: Fronteiras, deslocamentos, diásporas, hibridizações.

3-Resiliência e Cura: Estratégias alternativas e identidades na resistência.

4-Reapropriação de figuras de guardiãs femininas: Sobre figuras referenciais e as suas lutas.

5-Ciberespaço e espaços alternativos: Como fazer ouvir as próprias vozes/caminhos numa situação de invisibilidade estrutural.

6-Identidades negras e/ou afro-descendentes: estado atual da questão e os questionamentos. Existe uma identidade negra longe de questões fechadas para além da “raça”? Ou melhor, inspirando identidades plurais, que são tanto manifestações culturais como as experiências vividas?

7-Religiosidades populares e práticas de culto: Um eu africano reencantado ou demonizado.

8-Arte, África(s) e diáspora africana: Insistimos particularmente nas artes na sua totalidade, como uma parte importante da construção, projecção e rejeição de um Eu negra(o)/afro-descendente.

ENVIO DE PROPOSTAS

Idiomas para as comunicações: francês, espanhol, português e inglês.

O prazo para a apresentação de propostas é 31 de março de 2021, em conjunto para os seguintes endereços: jean.yao@univ-fhb.edu.ci; lavou@univ-perp.fr; ferduliszita.odomeangone@ucad.edu.sn

O conselho científico reserva-se o direito de aceitar as propostas.

Deve incluir: Nome e sobrenome, instituição, endereço eletrônico, título da comunicação, resumo de 250 palavras e breve nota biobliográfica. Todas as propostas devem ser originais e não publicadas anteriormente.

Nota: Os Anais do Colóquio serão publicados, de acordo com as normas editoriais que serão comunicadas posteriormente, na coleção Obras Colectivas Humanidades, da Universidade de Alcalá, após seleção dos textos por relatoras(es) anônimas(os) do nível internacional.

Prazo para submissão de propostas: 31 de março de 2021

Comunicação do aceite: antes de 30 abril de 2021

Prazo de inscrição: 30 de junho de 2021


INSCRIÇÃO (OBRIGATÓRIA
E INDIVIDUAL)

  • Professoras(es) e pesquisadoras(es): 30.000 francos CFA (50 euros / 55 USD)
  • Grupos: 30.000 Francos CFA (50 euros / 55 USD)
  • Estudantes (Doutorado): 10.000 francos CFA (20 euros / 22 USD)
  • Estudantes (Master): 5.000 francos CFA (10 euros / 12 USD)

*Estas taxas cobrem o kit do participante, certificado de participação, coffee breaks e almoços. As pessoas que acompanham e os auditores que desejam beneficiar destas vantagens estão sujeitos às mesmas condições das(os) participantes.

*O pagamento das taxas será feito em moeda local (no momento da chegada para estrangeiros) com a Dra. Kouamé N’Guessan Estelle (contactos: +225 88 30 36 41 / +225 05 78 60 74).*Para obter o ” Certificado de participação”, é necessário assistir a um mínimo de 85% do total das sessões.

*Outras informações práticas relativas ao tempo de comunicação, viagens, alojamento, vistos, vacinas, etc. ser-lhe-ão dadas na segunda circular.

ASSESSORES/AS

  • Prof. Carmen Bernand (Universidade Paris X-Nanterre, França)
  • Prof. Jean-Pierre Tardieu (Université de la Réunion, França)
  • Prof. Marie Ramos Rosado (Universidade do Rio Piedras, Porto Rico)
  • Prof. María Elisa Velázquez (Instituto Nacional de Antropologia e História, México)
  • Prof. Mayra Santos Febres (Universidade Nacional, Porto Rico)
  • Prof. Théophile Koui (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. Nancy Morejón (Academia Cubana de Idiomas, Cuba)
  • Prof. Agustin Loa-Montes (Universidade de Massachussett, EUA)
  • Prof. Mara Viveros Vigoya (Universidade Nacional de Bogotá, Colômbia)
  • Prof. Quinze Duncan Moodie (Universidade Nacional, Costa Rica)
  • Prof. Joseania Freitas (Universidade Federal da Bahia, Brasil)
  • Prof. Jean-Godefroy Bidima (Universidade de Tulane, EUA)
  • Prof. Hanetha Vété Congolo (Universidade Bowdoin, EUA)
  • Prof. Teresa Cañedo-Argüelles (Universidade de Alcalá, Espanha)
  • Prof. Claudia Mosquera-Labbe (Universidade Nacional da Colômbia, Colômbia)
  • Prof. M’baré N’gom (Universidade do Estado de Morgan, EUA)
  • Prof. John Antón Sánchez (Instituto de Estudos Superiores Nacionais, Equador)
  • Prof. Justo Bolekia Boleka (Universidade de Salamanca, Espanha)
  • Prof. Frédéric Lefrançois (Universidade das Antillas, Martinica, França)

CONSELHO CIENTÍFICO

  • Prof. Coulibaly Adama (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. N’Guessan Béchié Paul (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. Adom Marie Clémence (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. Victorien Lavou Zoungbo (Universidade de Perpignan, Via Domitia, França)
  • Prof. Luis Mancha San Esteban (Universidade de Alcalá, Espanha)
  • Prof. N’Goran Koffi David (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. Koua Kadio Pascal (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. Alain Pascal Kaly (Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (Brésil)
  • Prof. Aurelia Martín Casares (Universidad de Málaga, Espanha)
  • Prof. Jean-Arsène Yao (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Prof. Georges Moukouti Onguedou (Universidade de Maroua, Camarões)
  • Prof. Véronique Solange Okome-Beka (École Normale Supérieure, Gabão)
  • Prof. Begong-Bodoli Betina (Universidade Gaston Berger, Saint-Louis, Senegal)
  • Prof. Marlène Marty (Universidade de Lille, França)
  • Prof. Wilfrid Miampika Moundélé (Universidade de Alcalá de Henares, Espanha)
  • Prof. Chantal-Allela Kwevi (Universidade Omar Bongo, Gabão)
  • Prof. Clément Akassi Animan (Universidade Howard, EUA)
  • Prof. Ismael Sarmiento Ramírez (Universidad de Oviedo, España)
  • Dr. Ferdulis Zita Odome Angone (Universidade Cheikh Anta Diop, Senegal)
  • Dr. Roberto Simbaña (CICSHAL-RELIGACIÓN, Equador)

COORDENADOR PRINCIPAL

  • Prof. Jean-Arsène Yao (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)

CONSELHEIROS DE COORDENAÇÃO

  • Prof. Victorien Lavou Zoungbo (Universidade de Perpignan, França)
  • Dr. Ferdulis Zita Odome Angone (Universidade Cheikh Anta Diop, Senegal)

COMITÊ TÉCNICO

  • Dr. Brou Angoran Adjoua Anasthasie (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Koné Ténon (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Kouamé N’Guessan Estelle (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Djè Ana Maria (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Sylvia González (Cresem, Universidade de Perpignan, França)
  • Dr. Bamba Dochienmé Mathieu (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Brou Adjoua Elisabeth (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Daho Vartinel (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Dr. Lalékou Kouakou Laurent (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Sr. Tuo Ibrahim (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Sr.  Cassien Oscar Roméo (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Srta. Yao Abran Angoua Bla Hermine (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)
  • Sr.Konin Ehui Arsène (Universidade Félix Houphouët-Boigny, Costa do Marfim)